terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Parabéns São Paulo




Capivara felicita a Vila de São Paulo de Piratininga fundada pelos jesuítas à liderança de Manuel da Nóbrega por seus 454 anos.


segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Capivara que não conseguiu ingressos para o São Paulo Fashion Week convence grife a desfilar no Rio Tietê

O Marcelo e eu somos grandes amigos!
.
.
.
A estréia do estilista Marcelo Sommer na direção criativa da grife Cavalera conquistou lugar de destaque nesta edição da São Paulo Fashion Week.

A grife levou os modelos e a imprensa para as margens do rio Tietê, na zona norte da cidade onde desfilou a coleção do inverno-2008.

O desfile foi ao mesmo tempo um protesto contra a poluição do rio, onde são despejados diariamente três bilhões de litros de esgoto, sem falar na poluição industrial.

A imprensa se instalou num barco à beira do rio, enquanto os modelos se apresentavam na margem, debaixo de uma chuva rala, pisoteando a lama que se formava no local. Ao fundo, uma das pontes cinzentas que cruzam o Tietê e celeiros industriais que mais pareciam usinas nucleares.

Um apito de alarme de guerra deu início ao desfile, os modelos desceram por uma escada de ferro gigante rumo à margem, e a apresentação transcorreu sem música, tendo como fundo sonoro apenas o barulho dos carros e caminhões que cruzavam a Marginal Tietê.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Capivara promete resolver o problema dos Outdoors da Marginal Pinheiros


Gilberto Kassab recebeu esta Manhã uma proposta para atender as reivindicações dos anunciantes-sem-outdoors da cidade de São Paulo.

Segundo a ANBA São Paulo ultrapassou o Rio de Janeiro em volume de vistias turísticas

Em 2006, São Paulo ultrapassou o Rio de Janeiro em número de eventos internacionais, segundo os números da Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA). A capital paulista ficou em 18º lugar, com 54 eventos internacionais, na frente do Rio de Janeiro, tradicionalmente a cidade de melhor colocação entre as brasileiras, que ficou em 26°, com 48 eventos.

“Fora daqui! Esta floresta já tem dono”
“Tudo bem, nos só estamos aqui por turismo”

Capivara Deusa do Rio Pinheiros

CAPIVARA PARADE - "Os rios de nossas cidades não são latrinas, deveriam ser espaços de convivência e beleza, como em qualquer outra cidade civilizada do mundo" Luiz Pagano

Já reparou que não temos bulevares ao lado da maioria dos rios brasileiros!
Já reparou que não temos barcos restaurantes em nossos rios e lagoas!
Quando aparece uma capivara em nossos rios pensamos "esse animal deve estar louco de nadar nessas aguas imundas"… mas o que eles estão fazendo faz parte da natureza deles a milhares de anos, nós é que começamos a poluir essas aguas nos últimos 300 ~ 70 anos;

Adotei as capivaras como mascote do paulistano, do mesmo modo que a deusa egípcia Tauret aparecia às margens do Nilo e trazia bênçãos às mulheres grávidas a Capivara aparece na cidade de São Paulo como um amuleto de prosperidade para a cidade e nos faz repensar na ecologia as margens deste rio poluído, e nos da a esperança de ter uma capital prospera e ao mesmo tempo em equilíbrio com a natureza.

A capivara já faz parte da rotina do paulistano, seja quando e avistada pelos passageiros da Linha "C" da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, ou quando sai das margens para a pista da Marginal Pinheiros, como quem quer chamar a atenção e dizer “vocês precisam cuidar mais do verde desta cidade, se não o fizerem, eu pessoalmente sairei das minhas margens para complicar o já caótico transito da minha cidade”.

Segundo funcionários do Projeto Pomar que administra a revitalização das margens do Rio pinheiros não é só a capivara que decidiu voltar para a capital “Com a remoção do lixo e o corte do mato, as equipes de trabalho acabaram fazendo várias descobertas. A mais importante é que a vida resiste a toda degradação do rio e das marginais.

Capivaras, gaviões, quero-quero, garças africanas, cobras, ratões do banhado e até um jacaré sobrevivem ao longo do Pinheiros, aumentando as esperanças de salvação do rio, futuramente”.

Comemore o 454to aniversário da cidade cultuando a capivara como deusa das águas do rio Pinheiros. Vamos adotá-la como símbolo da nossa cidade.